Conheça a importância da empresa júnior no desenvolvimento do jovem universitário

empresa junior

Imagem: Pexels

Descubra nesse artigo um pouco mais a importância da empresa júnior no crescimento profissional e também pessoal de jovens universitários. Torne-se um empresário júnior e faça a diferença.


Participar de uma empresa júnior proporciona ao estudante de graduação uma experiência enriquecedora para sua bagagem profissional, pois é na EJ (Empresa Júnior) que o estudante poderá colocar em prática o que se foi aprendido na sala de aula.

Proporciona um melhor desenvolvimento profissional, fazendo com que o jovem passe a desenvolver e encontrar características que o mesmo não percebia que tinha.

Dentro da Empresa Júnior o estudante desenvolverá atividades iguais ou até mesmo maiores do que poderá desenvolver quando estiver no mercado de trabalho, pois como toda empresa o mesmo terá que apresentar resultados, ideias, projetos que contribuam para a EJ.

Ser empresário júnior é ter autonomia, poder ter a oportunidade de liderar e de trabalhar em seus próprios projetos.

A EJ faz com que o estudante conheça diferentes áreas de atuação, proporcionando que o mesmo possa escolher com maior assertividade a área que deseja trabalhar.

Veja também >> Usando lego para melhorar sua comunicação

Se formos analisar o contexto, podemos dizer que as competências que se destacam em quem participa de uma empresa júnior são: Dedicação, paixão, persistência e aprendizado contínuo.

O aluno passa a conviver com problemas reais, onde ele apesar de pouca idade terá que procurar soluções para resolver as questões.

É na EJ também que muitos estudantes conseguem melhorar a sua oratória, seu espírito de liderança e sua criatividade, além de aumentar o networking profissional.

É o momento que o jovem ainda pode errar e não sofrer retaliações, diferentemente de muitos estágios e empregos, onde não se tem muita abertura no contexto competitivo atual.

Diante de uma educação retrógrada que está parada no tempo, a empresa júnior atua como uma grande aliada para os que querem se desenvolver com uma qualidade superior aqueles que saem apenas com o diploma na mão e saem melhor preparados para atuar em grandes empresas que buscam um ambiente mais jovial.

Veja também >> 10 hábitos de líderes simpáticos

Para quem ingressou na Universidade, é recomendável não perder a oportunidade de trabalhar numa empresa Junior, pois quem entra só tem a ganhar (menos no lado financeiro, pois é trabalho voluntário).

Na EJ que fui membro e hoje sou conselheiro, a Projetos Consultoria Júnior, todos os membros fizeram vários cursos por conta da empresa.

Agora, 2 recados especialmente para os jovens que estão lendo esse artigo:

“O seu futuro é você quem faz, então, que seja este o seu primeiro grande desafio!”

Não seja mais um no mercado de trabalho, faça a diferença, aceite este desafio, entre em uma Empresa Junior!

Quem escreveu

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho

Presidente & Fundador da Academia de Jovens Talentos, Diretor de Jovens Talentos da ABRH-PE e Diretor de Relacionamento da ICF - Capítulo Pernambuco. Coach de Carreira, palestrante, escritor e facilitador de treinamentos. Já trabalhou na área de Recursos Humanos em empresas multinacionais e nacionais. Foi membro e conselheiro de Empresa Júnior por mais de 3 anos e voluntário selecionador das Olimpíadas Rio 2016. Tem formação técnica em Recursos Humanos e é estudante de administração na UFRPE. Já ministrou mais de 60 palestras para mais de 2000 pessoas. Possui 15 artigos publicados e 5 prêmios conquistados (acadêmicos e profissionais). É associado da ABRH – PE, International Coach Federation e Society For Human Resource Management - EUA.

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta