Como fazer o brainstorming remoto funcionar

Organizar uma sessão de brainstorming não precisa ser um evento totalmente desconcertante em sua agenda. Muitos de nós não estamos mais na mesma sala, mas ainda precisamos gerar ideias de forma colaborativa.

Brainstorming é uma técnica de grupo, organizada de forma criativa, por meio da qual esforços são feitos para encontrar uma forma de resolver um problema específico, reunindo uma lista de ideias espontaneamente contribuídas por seus membros. Em condições controladas e um ambiente de pensamento livre, as equipes abordam um problema e produzem uma vasta gama de propostas e estabelecem ligações entre elas para encontrar soluções potenciais.

O brainstorming apóia o planejamento colaborativo e o trabalho em equipe. Pode ser implementado em locais de trabalho, escolas, universidades e até mesmo utilizado para o planejamento de projetos pessoais. É uma solução criativa de resolução de problemas que permite estruturar a escrita, fazer storyboards e criar personas de marketing ou UX. Além disso, é útil para desenvolver ideias e encontrar conexões entre essas ideias.

De acordo com este estudo de 2018, liderado por David Henningsen na Northern Illinois University, as sessões de brainstorming ajudam a facilitar o pensamento lateral em culturas vencedoras. Discussões criativas realizadas por essas equipes identificaram quatro características de tais reuniões que ajudam a resolver problemas e reunir ideias úteis.

Os pesquisadores exploraram especificamente as percepções dos participantes sobre a coesão do grupo e a relação entre essas percepções e quatro características comuns de brainstorming:

  • Foco em quantidade – priorizando a coleta do maior número de ideias possível
  • Pegar carona – baseando-se nas ideias de outras pessoas
  • Liberdade – a disposição de compartilhar até mesmo ideias pouco práticas
  • Sem avaliação – evitar ter algum tipo de feedback positivo ou negativo às ideias dos outros

“Os grupos que se concentram tanto na quantidade de ideias quanto na construção dessas ideias compartilhadas, aumentando significativamente sua coesão”, disse David Henningsen.

Os pesquisadores disseram que essas descobertas têm implicações importantes para as organizações.

“O brainstorming pode ser usado para ajudar uma equipe a aderir e implementar um plano de ação”, disse Henningsen. “Ou pode ser usado simplesmente para criar coesão, o que, por sua vez, pode diminuir a rotatividade de funcionários e aumentar o comprometimento dos funcionários.”

É muito significativo que você faça perguntas críticas antes de convidar outras pessoas para a sessão de brainstorming.

Certifique-se de gastar tempo suficiente pensando nisso, e aqui estão algumas das perguntas que você pode considerar: será que realmente precisamos de uma sessão de brainstorming? Quem é necessário aqui para termos um bom resultado? Qual é a melhor hora do dia? Vamos exigir sessões repetidas de brainstorming? Que agenda temos?

Em um artigo na Harvard Business Review, Art Markman compartilha que uma vantagem de trabalhar remotamente é que agora é mais fácil trazer um grupo mais amplo de participantes. Você tem que fazer isso com cuidado, no entanto.

Não comece com uma lista de pessoas que você deseja envolver em sua sessão de brainstorming. Em vez disso, identifique as funções e os conhecimentos que deseja e, a seguir, encontre pessoas que se encaixem nessa descrição.

E no mesmo artigo, há um lembrete importante sobre o próprio brainstorming:

Quando as pessoas estão trabalhando remotamente, pode ser difícil agendar todas as reuniões em simultâneo, principalmente se as pessoas estiverem espalhadas por fusos horários. Para o brainstorming, porém, isso pode ser uma coisa excelente. Porque você realmente não precisa que o grupo esteja junto para apresentar as melhores ideias.

A teoria do pensamento de grupo mostra que, durante a geração de ideias, os indivíduos pensam de maneira diferente sobre um problema se trabalharem sozinhos. Mas quando você reúne o grupo para gerar ideias, eles tendem a pensar da mesma forma, convergindo para uma solução comum.

Portanto, comece seu processo de brainstorming fazendo com que cada pessoa gere soluções potenciais por conta própria, ou talvez faça com que trabalhem em pequenos grupos para pensar sobre as possibilidades. O que você quer evitar é que todo o grupo comece a jogar ideias uns nos outros – o que não é ideal em um ambiente remoto, de qualquer maneira. Certifique-se de que todos tenham tido a chance de se envolver e trabalhar no problema primeiro.

Uma maneira de fazer isso é fazer com que pequenos grupos coloquem suas ideias em um documento. A segunda é fazer com que os membros do grupo enviem suas ideias iniciais a você e compilá-las antes que alguém comece a discuti-las.

É difícil lidar com uma sessão de brainstorming remotamente sem a ferramenta certa para trabalhar. Uma sessão virtual deve ser facilitada por novas tecnologias que permitam aos participantes compartilhar facilmente suas ideias.

O fluxo de trabalho é determinado principalmente pelos recursos oferecidos pelo software escolhido, portanto, escolher a ferramenta certa é fundamental. Deve permitir o compartilhamento de materiais em quadros brancos, criando notas em tempo real e organizando tudo na ordem certa.

Eu sempre uso o Miro como ferramenta para essas sessões.

Executando um Brainstorming Remoto em 7 Passos:

Por que – seja claro sobre o problema
Quem – Prepare quem estará presente participando
O quê – Envie a agenda de forma que todos possam estar preparados
Onde – Use boas ferramentas de colaboração online
Como – Selecione o melhor game para a reunião
Motivação – Certifique-se de que sua reunião seja envolvente
Participativo – Não saia antes que todos tenham a chance de falar

Recentemente, fiz o curso online Wicked Problem Solver, que me ajudou a aprender muito sobre ferramentas e técnicas para abordar diferentes tipos de preocupações em um curso interativo com um enorme kit de ferramentas que fornece processos detalhados e exemplos (usando Miro) sobre como efetivamente resolver problemas.

O interessante sobre o brainstorming é que as lições que aprendemos no ambiente virtual muito provavelmente nos servirão quando estivermos cara a cara novamente. Em outras palavras, se você for capaz de realizar boas sessões de brainstorming remotamente com sua equipe, sua equipe trará lições importantes para todos os tipos de reuniões depois disso.

William Meller

Fundador do Portal Sucesso Jovem

Posts relacionados