A carreira como aprimoramento profissional

Aprimoramento Profissional

Aprimoramento Profissional – Imagem: Pexels

Aprimoramento profissional durante sua carreira não é uma fase ou uma etapa, mas sim um ciclo contínuo que se retroalimenta conforme você evolui enquanto profissional.


Em algumas oportunidades de carreira ficam dúvida sobre requisitos: qualificações, experiências e conhecimentos são importantes para se desempenhar um excelente trabalho com retornos de bons resultados.

A primeira dúvida é a iniciativa e isso é necessário independente da área em que se está buscando, pois em todas é preciso aprender, trocar informações e novos desafios irão surgir.

O mercado vive em constante mudança e aproveitamento de ações e esse deve ser o fator que pode ser usado a seu lado. Você que está se aprofundando em temas, tem intenções não parar seus estudos, busca rendas extras, está atento às inovações do seu setor, continue mantendo-se bem informado, pois algum momento toda essa preparação será de bom proveito.

O segundo passo que acompanha uma vaga é o perfil. Ter perfil para o trabalho é se identificar com seu propósito e acredita que consiga se expandir nele. O crescimento, quando se põe no papel, não se baseia somente no ganho financeiro, há ainda os ganhos de conhecimentos, experiências, arriscar -se com novas possibilidades.

Eis que cursos complementares são tão bem-vindos que sua carga-horária possui sentido, mas a atenção está em sua transmissão: o que aprendeu com isso? Recrutadores quando questionam sobre atividades complementares esperam que você esteja aberto a desenvolver outras atividades. Isso é bom.

Veja também >> 6 maneiras de manter o seu emprego na indústria 4.0

O voluntariado, a muito tempo atrás, era visto por pessoas aposentadas ou jovens que desejam fazer companhia a outras. Os tempos são outros e a solidariedade também. Trabalhos humanitários demonstram que candidatos tem a sensibilidade de transformação do mundo e que tem a ação de fazer, não fica só na consciência.

Extensões internacionais são partes de estratégias que executivos adotaram para suprir questões antigas as quais andavam esquecidas. Tratam-se de efetividade de planejamento, montagem de deveres, participação de equipes, grande e sólida troca de networking. O maior ganho com papeis de liderança é identificar potencialidades de outras pessoas para tornar a corporação mais forte e motivada.

Salve os idiomas! O Brasil possui um contraste de regiões com dialetos diferentes da língua nativa: o português. Isso não é uma adversidade, até porque com outros idiomas funciona da mesma forma. A questão é não depender somente disso para uma oportunidade de mostrar seu melhor.

Com o acesso à informação, aplicativos de idiomas, cursos para a prática linguística, não há motivo para dizer que não consegue aprender. Adeque sua agenda com trinta, ou mesmo, quinze minutos por dia e ponha seu inglês para funcionar.

Veja também >> Jovens pesquisadores: Visão geral da carreira

Antigamente, o estudo era para pessoas bem-sucedidas, filhos de empresários, elite. A um tempo atrás, cerca de vinte anos, já a possibilidade da classe média e a população partir para esse conhecimento acessório. Com nascimento da geração Z e Millennials não há motivos para não aprender, pois o mercado exigente assim como seu consumidor requer profissionais que estejam de braços abertos a novos domínios.

Foi o tempo que o inglês ou ser bilíngue era interessante. Empresas do ramo de tecnologia, financeira, entre outros setores, já desejam que o colaborador esteja aprendendo um terceiro idioma como diferencial.

Quem está a frente de seu tempo entende que não precisa ser nenhum gênio para identificar novos processos para requisitos de vagas, se clientes estão globalizados essa é mais um incentivo para reservar na agenda um idioma que se identifique: espanhol, francês, italiano, mandarim, japonês ou árabe, etc, e aponte sua carreira para a internacionalização ou até os confins de outros continentes.

Então, dicas para quem desejar “surfar” nos requisitos e estar preparados para a vaga dos sonhos ou que pensa dar seu melhor pode não estar a um clic de você, porém a uma inscrição do diferencial.

Quem escreveu

Thales Kroth de Souza
Thales Kroth de Souza

Gaúcho de coração, Técnico em Contabilidade pelo Instituto Rubén Darío, Graduado em Gestão Financeira pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, quinto semestre em Administração e profissional com experiência nas áreas financeira e bancária.
Amante de corrida, gostar de malhar, leituras e manter-se informado.
Solteiro, procura o amor nas entrelinhas da vida.

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta