• 13/07/2024

Meus 6 níveis de leitura

A leitura é uma das melhores formas de criar conhecimento, ficar mais esperto a cada dia, não ser idiota, ter boas opiniões e poder conversar com qualquer pessoa sobre qualquer assunto, em qualquer lugar.

Sempre gostei de ler muito. Tenho consciência de que passo muito tempo usando meu smartphone todos os dias, mas eu tento usá-lo para meu benefício e ler coisas boas enquanto estou nele.

Mas, como em todas as áreas da vida, acredito que a forma como lemos impacta o conhecimento que podemos adquirir. E é por isso que nestes últimos 5-7 anos (pelo menos) desenvolvi 6 níveis de leitura que aplico ao longo da minha semana para garantir que estou evoluindo um pouco mais em comparação (apenas) comigo mesma no passado.

E não se trata de criar objetivos de leitura absurdos.

Se você não for um leitor voraz, não se comprometa a ler mais livros do que pode suportar. Em outras palavras, não defina metas altas que provavelmente você não conseguirá alcançar.

A melhor maneira de ler mais consistentemente é dedicar intencionalmente mais tempo à leitura. Parece fácil, certo?

A melhor maneira de garantir que você mantenha sua resolução de leitura durante todo o ano é integrar o tempo de leitura à sua rotina regular.

Acorde um pouco mais cedo a cada dia e leia enquanto bebe seu café, dedique meia hora antes de dormir à leitura ou passe o intervalo do almoço lendo um livro.

Ao tornar a leitura uma parte regular de sua programação, isso se tornará um hábito.

Quer conhecer esses 6 níveis de leitura?

1 – Diversão

O que: romances, leituras divertidas, clássicos, leituras de esportes e coisas que não precisam de reflexão profunda e nos trazem prazer na leitura.

Exemplo: romances, quadrinhos, comédia, esportes, memes, material de mídia social, etc.

Ter apenas leituras técnicas e profissionais em sua rotina pode cansar seu cérebro rapidamente. Gosto muito de trazer algumas leituras que me divertam e deixem as horas passarem sem perceber. Um romance bem escrito pode transportá-lo para outros mundos, enquanto um artigo simples, mas envolvente, irá distraí-lo e mantê-lo no momento presente, deixando as tensões se dissiparem e permitindo que você relaxe.

Sinto que este tipo de leitura me ajuda muito a ser mais criativo. E essas leituras o ajudam a fazer conexões cerebrais que de outra forma não seriam possíveis. Você já leu um incrível romance de mistério e resolveu o mistério sozinho antes de terminar o livro? Nesse caso, você conseguiu colocar o pensamento crítico e analítico para funcionar, com todos os detalhes fornecidos.

2 – Atualizações do mundo e da indústria

O que: atualizações de mercado, indústria, tecnologias, economia e outras informações ou novidades que nos ajudem a ficar atualizados sobre o mundo e a participar de todas as conversas.

Exemplo: boletins informativos, atualizações de mídia social, sites ou jornais bons e confiáveis, etc.

Você vai para o happy hour da sua empresa. Um momento divertido e descontraído, mas todo mundo está falando sobre a nova tecnologia que o Irã está construindo. De repente, vem aquele momento tenso em que alguém olha para você, esperando que alguma opinião muito legal sobre isso possa vir de você. Mas você continua se escondendo atrás do copo porque não tem ideia do que eles estão falando.

Essa sensação é horrível. E eu sei que tentar saber de tudo é impossível, mas ter a oportunidade e as ferramentas para estar atualizado sobre o mundo e não usar, também é bobagem. Além de saber o que está acontecendo no mundo ao seu redor, é crucial saber o que está acontecendo no setor que você trabalha.

3 – Artigos não-técnicos

O que: artigos sem uma pesquisa ou aprendizado exploratório, mas nos ajudam a ficar atualizados sobre a indústria e o mundo.

Exemplo: sites e artigos de blogs, experiências pessoais, atualizações de empresas, etc.

Se você quiser ler algo de seu interesse, basta pesquisar na internet e descobrir muitas coisas relacionadas a um único assunto. Assim, você pode escolher qualquer um deles e começar a ler em um piscar de olhos.

Pessoas diferentes, pontos de vista diferentes – você conhecerá o outro lado da moeda. Existem muitos blogueiros neste mundo que estão compartilhando seus conhecimentos, suas experiências conosco. Se examinarmos os escritos de diferentes pessoas sobre o mesmo assunto, encontraremos diferentes pontos de vista.

Queremos nos destacar em tudo o que fazemos e para isso, devemos estar bem versados ​​e bem informados. Ler experiências pessoais nos dá uma visão de cada aspecto intocado do assunto que estamos lendo.

4 – Livros não-técnicos

O que: livros que não têm como plano de fundo uma pesquisa científica e compartilham opiniões e/ou experiências pessoais.

Exemplo: livros de opinião, política, experiências pessoais, etc.

Há um gênero de leitura para cada pessoa alfabetizada no planeta e, independentemente de seus gostos em literatura clássica, poesia, revistas de moda, biografias, textos religiosos, guias de autoajuda, iluminação de rua ou textos de negócios, há sempre algo para capturar sua curiosidade e imaginação.

Ler é o entretenimento que você pode consumir sentado, relaxado, em uma cadeira confortável ou no canto do sofá. Você bloqueará o mundo por um tempo, e é exatamente disso que seu cérebro precisa de vez em quando. Para fazer uma pausa de seu estresse usual. Também é muito melhor do que assistir a um filme, já que você aproveita mais do que apenas relaxar.

5 – Artigos Técnicos e/ou científicos

O que: artigos ou papers que tenham como plano de fundo uma pesquisa industrial ou acadêmica.

Exemplo: revistas de negócios, artigos científicos e de negócios, revistas científicas e acadêmicas, etc.

Algumas fontes: Fortune Magazine, The economist, Harvard Business Review, MIT Sloan Management Review, MIT Technology Review, PM Network, Project Management Journal, McKinsey Papers, Boston Consulting Group Papers, The Economist Intelligence Unit, Project Management Institute Papers, Overall University Papers, etc

Ler um artigo científico é um processo completamente diferente de ler um artigo em um blog ou jornal. Além de ler as seções em uma ordem diferente da apresentada, você também precisa fazer anotações, lê-las várias vezes e provavelmente procurará outros artigos para entender alguns detalhes.

Ler um único artigo pode levar algum tempo no início, mas será muito mais rápido à medida que você ganha experiência.

Ler artigos de periódicos científicos e de negócios é uma habilidade e, como qualquer outra habilidade, a maneira como você a aborda faz uma grande diferença. Portanto, não é apenas uma questão de como ler um artigo de jornal, mas como aprender a fazê-lo da melhor maneira.

É incrível para mim mesmo ver como a leitura de revistas de negócios baseadas em pesquisas melhorou significativamente a maneira como consigo expressar minha opinião e tomar decisões diariamente no trabalho.

Decisões baseadas em dados tornam os líderes melhores, e ler essas revistas de negócios me ajuda a ficar atualizado sobre o que está acontecendo no mundo acadêmico e empresarial ao meu redor.

Livros técnicos e/ou profundos

O que: livros que têm como plano de fundo uma profunda pesquisa com dados e fatos comprovados, e criam um conhecimento totalmente novo ou aprofundam algum conhecimento existente.

Exemplo: negócios, indústria, tecnologia, economia, história, filosofia, biografias, ciências, leitura clássica, etc.

São esses livros que preciso ler atentamente cada palavra e refletir sobre, porque é algo que preciso aprender e confrontar com tudo o que já sei.

Você vai pensar muito enquanto lê. Você deve manter partes do que leu na memória e relembrar as informações durante a leitura. É uma ótima maneira de treinar o cérebro com palavras reais. Você aprenderá novos conceitos e ideias que o ajudarão a formar uma visão mais diferenciada do mundo. Novos conhecimentos podem ser usados ​​para lidar melhor com diferentes situações. Mais conhecimento é sempre útil para qualquer pessoa.

Surpreendentemente, cada nova memória que você cria forja novas sinapses (caminhos cerebrais) e fortalece as existentes, o que auxilia na recuperação da memória de curto prazo, bem como na estabilização do humor.

Quando você lê um livro, toda a sua atenção está voltada para a história – o resto do mundo simplesmente desaparece e você pode mergulhar em cada detalhe que está absorvendo.


Agora que você sabe algo sobre meu processo de leitura e meus 6 níveis pessoais de leitura para cada semana, pode estar curioso para saber um pouco do que tenho lido a cada semana.

No meu site pessoal, toda semana, eu crio um artigo (Weekly Pulse by William Meller) compartilhando algumas das melhores coisas que li durante aquela semana, embora nem sempre concorde com o autor. Weekly Pulse é uma curadoria de conteúdo e destaques de leituras, livros, vídeos, podcasts, insights, divagações e outras coisas interessantes que descobri e digeri durante a semana.

William Meller

Fundador do Portal Sucesso Jovem

Posts relacionados