Somos os mestres do tempo

O Tempo

Imagem: Pexels

O tempo é definidor de nossa vida passada e presente, sendo ainda encarregado de cuidar de nosso futuro. Permita que seu tempo esteja ao seu favor.


Quantas frases falando sobre o magnífico tempo viraram frases culturais famosas?

E eu tenho uma boa e perturbadora notícia para anunciar aqui e agora: Estas assertivas são falaciosas.

Calma, não entre em pânico, porque explicarei algo muito importante sobre estas afirmações.

Somos os gestores e as gestoras do tempo. O que promove a cura de uma lembrança ruim é a nossa capacidade emocional para tal. Independe se você tem 15 ou 60 anos, neste lapso temporal de cicatrização.

Não é ele quem ministra a vida. É ao contrário: a vida gere ele.

Nós somos responsáveis pela boa ou má administração dele, porque possuímos a capacidade de adequar aspirações, nesse ínterim rotineiro.

Veja também >> Aprenda Qualquer Coisa em Apenas 20 Horas

Vamos parar com esta afirmativa enfadonha de que “tudo tem seu tempo“. Pelo amor que temos no alcance de objetivos, mudemos esta concepção!

O tudo e o nada possuem a quantidade de segundos, minutos e horas que dedicamos para ambos.

E, derradeiramente, a frase que considero a mais perigosa de todas é a de que “em situações difíceis é melhor dar tempo ao tempo“. Faça isso e perderá a chance preciosa de reverter a situação, aquela, complicada.

A responsabilidade não reside lá fora. É intrínseca. O tempo, igualmente.

Administramos o nosso horário de trabalho conforme desenvolvemos as habilidades de canalização dele, para as tarefas que temos a realizar.

Tudo bem que as plantas necessitam de períodos específicos para crescer. Certo, concordo com isso. Entretanto, há um detalhe que muitos esquecem, quando se referem ao período da natureza: Não somos plantas.

Possuímos algo incrível que nos possibilita o deslocamento da chave do tempo: A inteligência.

Plantas devem esperar a fotossíntese e todos os processos de mutação que sofrerão, em virtude de condições climáticas a que estarão expostas. Impassíveis, devem esperar o destino que lhes é traçado pela biologia peculiar.

O ritmo que enfrentamos no mercado de trabalho é muito diverso. Sem mencionar, neste turbilhão de ações, que somos os criadores de circunstâncias e não as vítimas delas. Conduzimos o que queremos, pela possibilidade de dizer Sim ou Não ao que vivenciamos. Ele é um aliado, não um algoz.

Carlos Drummond de Andrade, ilustre escritor, positivamente afirmava: “Ó vida futura! Nós te criaremos.

Funcionários que entregam resultados satisfatórios à empresa são administradores inigualáveis de produtividade. Abarcam para si os frutos advindos do trabalho.

Veja também >> A Gestão Começa por Nossa Vida

Se algo não saiu como o previsto, por condições alheias às suas vontades, incorporam os riscos ao tempo, como numa equação matemática, para evitar qualquer variante desagradável.

Simetricamente a estas reflexões, Victor Civitta, empresário brasileiro, referindo-se à gestão de sua agenda, sugere: “Crie o hábito de, logo pela manhã, traçar, por escrito, um plano para o emprego do tempo. E não desvie do traçado.

Percebam, somos capazes de aptidão para ministrarmos o tempo. Basta vontade e muita responsabilidade, para assumirmos suas variáveis.

Quem está pronto?

Quem escreveu

Cláudia Martins
Cláudia Martins

Cláudia Martins é especialista em Gestão de Negócios e Bacharel em Direito. Organizadora de eventos/palestras e escritora de diversas temáticas para a Geração Y.

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta