Inovação e a internet das coisas em gestão de mudanças

Inovação e a Internet das Coisas

Inovação – Imagem: Pexels

Inovação é a base de tudo que vemos surgir e deixar de existir ao nosso redor. Quando nos acostumamos com algo, é aí que chega a hora de tudo mudar e algo novo ganhar o nosso tempo.


Em quase tudo se fala em inovação, empreendedorismo, pensar fora da caixa, e muito mais. Porém, será que pensamos nas mudanças que estas iniciativas promovem? Quem inova se prepara para uma mudança?

E quando se fala em “internet das coisas”, este conceito que entendemos como uma revolução tecnológica a fim de conectar dispositivos eletrônicos utilizados no dia-a-dia (como aparelhos eletrodomésticos, eletroportáteis, máquinas industriais, meios de transporte, etc). Tudo está muito fácil , ao alcance, e alem de muito rápido.
E como isso pode mudar a realidade de uma pessoa?

Inovação é a palavra da vez

Andei estudando alguns resultados de fracasso, (Ex. Número de startups , empreendedores que não tiveram sucesso, quantidades de projetos que fracassaram). e reparei que a mudança não é considerada, todos pensam no alvo, objetivos porém não consideram o que precisam mudar para chegar lá. Apenas olham para seu alvo, e o que mudar para em si mesmo para acertar este alvo. E se abastecem de informações disponíveis na “internet das coisas” , para gerar uma inovação, mas para por ai.
Fui militar por um bom tempo e aprendi as técnicas de tiros, e não é simplesmente atirar, mesmo em um ambiente de guerra existem mil outros fatores de mudança para pensar antes de acertar um alvo. (Ex. Tenho uma ótima linha de tiro, mas se eu atirar terei minha posição revelada? Será que o vento não pode mudar de direção no trajeto?) Quando é o melhor momento para se tomar esta decisão, será que será melhor abater o alvo ou imobiliza-lo?
Na vida corporativa, empreendedora não é diferente, o que pode mudar ao fazer o seu disparo nessa guerra do mundo dos negócios?
No meu ponto de vista o segredo não é apenas ter um business case que se mostra interessante, ter público que irá consumir determinado produto ou serviço, mas sabe fazer a pergunta correta em meio a tantas informações de respostas.
Avalie as mudanças antes do tiro, pois uma vez que atira não tem mais volta.
Gerenciar as mudanças faz sentido pra você?



Quem escreveu

Romulo Xavier de Aguiar
Romulo Xavier de Aguiar

Tendo atuado em empresas de serviço financeiros, varejo, educação corporativa, Telecom e indústria, em empresas de porte médio e grande. Profissional capaz de criar o ambiente correto para que as pessoas possam fazer seu melhor, e tendo gerenciado grupos multidisciplinares de até 60 pessoas, quando falamos de trabalhos complexos, isso significa muito. Grande experiência gestão de Escritório de Projetos, gerenciando uma carteira de projetos diversos, atuando com equipes diretas e fornecedores parceiros ( 20 pessoas), projetos de desenvolvimento de sistema, Ruby , SAP (e-Social), realização de projetos em Gestão de Conhecimentos, Processos , Inovação e Gestão de Mudanças Organizacionais, atuando desde as descrições técnicas, concepção de negócios, acompanhamentos, comunicação, gestão de riscos e expectativas, budget e implementação da mudança. Inglês Avançado , graduado em Sistemas de Informação e com formação Militar. Especialização em gestão de projetos ( FIA ) Pós Graduação em Gestão de Negócios , Projetos e Inovação (em curso – FIA).

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta