5 passos para ser um gerente de projetos de alto nível

Como se tornar um Gerente de Projetos de alto nível

Gerente de Projetos – Imagem: Pexels

Um gerente de projetos de alto nível precisa cumprir muitas atividades ao longo de sua agenda. Mas você sabe como chegar até esse ponto onde será considerado um gerente de projetos de alto nível?


Assim como em qualquer outra profissão a excelência leva tempo e em gestão de projetos não é diferente. Dedicação, horas de estudos, situações e cenários os quais só se aprenderá a lidar na prática e que não estão necessariamente ligados a idade, apesar que também é relevante quando se fala de maturidade.

Veja também >> Tirinhas de Projetos com o Geplanus Pranada

Você não é obrigado a esperar determinadas situações e oportunidades para obter isso, pode e deve envolver-se e exceder as suas responsabilidades, sem obviamente desrespeitar hierarquias e outros profissionais.

5 Passos para ser um Gerente de Projetos de alto nível

  1. Oportunamente, certifique-se. Seja um PMP. A certificação, além de status, demonstra que você é um estudioso do assunto e já gerenciou projetos.
  2. Tenha em mente que liderar é antes de tudo ouvir e não somente falar. Ouvindo você capta informações relevantes que podem afetar os projetos para o bem ou o mal.
  3. Trabalhe junto com a equipe. É papel do gestor incitar as pessoas a se posicionarem e fazer delas donas do projeto e responsáveis pela sua entrega.
  4. Estude política e observe comportamentos. Entenda que isso faz parte da função, esqueça as impressões que ela é antiética. Quem faz a política são as pessoas e ela só será assim se nós também formos. Seja um profissional idôneo e jogue aberto com os stakeholders.
  5. Arrisque-se. É fato que assumir altos riscos provoca medo e insegurança. Mas, também pode trazer altos ganhos. Você só saberá se assim o fizer. Com uma equipe coesa e ao seu lado, essa insegurança tende a diminuir e você notará o verdadeiro significado da expressão: “estamos juntos”.

4 Dicas bônus

  1. Administre conflitos e estresse com serenidade. Existiu um desenho no qual o personagem dizia: “a primeira coisa a fazer é não se desesperar, a segunda é se desesperar”. O capitão não pode ser o primeiro a abandonar o navio sob pena de matar a todos. O gerente de projetos deve ser racional e não se envolver emocionalmente. Porte-se como um maestro.
  2. Jamais desistir ao sinal de qualquer dificuldade. Pedras fazem parte do caminho natural de um projeto, pois como se sabe ele pode afetar positivamente e negativamente pessoas e isso pode gerar resistências e conflitos. Persista.
  3. Aperfeiçoe a sua comunicação. Não é a toa que se diz que 90% do trabalho do gerente está relacionado a ela. Do meu ponto de vista é a principal habilidade a ser aperfeiçoada. Exponha-se, aprenda a falar em público, analise outros oradores, estude as mudanças na sua língua nativa, consulte o dicionário, leia, escreva, estude outros segmentos de mercado que não o de sua origem ou atual, peça opiniões de terceiros, mesmo não gerentes de projetos, melhore a sua postura e imagem, pois elas serão determinantes para se adquirir respeito e passar segurança aos liderados. Cuide da identidade visual. Não se preocupe em mostrar-se bom, deixe que vejam isso naturalmente. Leve a sério o ditado que diz que as palavras têm poder e que são como uma flecha, uma vez disparadas não tem volta.
  4. Seja humano, tire férias.

Grande abraço!


Quem escreveu

José Roberto Cavalcante Alves

É formado em administração de empresas, pela FASP – Faculdades Associadas de São Paulo, possui MBA em gestão estratégica da tecnologia da informação, pela FGV – Fundação Getúlio Vargas. É certificado PMP (Project Management Professional) pelo PMI (Project Management Institute).

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta