Como organizo meus estudos na faculdade EAD

Como organizo meus estudos na faculdade EAD

Faculdade EAD – Imagem: Pixabay

Estudar na faculdade EAD tem o mesmo peso da presencial. Mas organizar-se para isso, nem sempre é fácil. Confira como organizar seus estudos


O EAD cresce de forma acelerada no país, impulsionado por programas do governo para facilitar o acesso de alunos ao ensino superior.

A faculdade EAD é seu próximo passo?

O ensino a distância é a modalidade de ensino que mais cresce no Brasil. Todo ano, milhares de novos cursos superiores são reconhecidos pelo MEC.

A primeira geração do EAD foi caracterizada pelos cursos por correspondência. Nesse tipo de curso, o aluno recebia o material solicitado em casa, com conteúdos e exercícios a respeito do tema que seria estudado.

A segunda geração do ensino a distância no Brasil veio a partir dos anos 1970, quando o foco principal ainda eram os materiais impressos, mas surgiram também fitas de vídeo, programas da televisão, etc.

A terceira e última geração é classificada pelos dias atuais: a tecnologia está totalmente integrada, os alunos utilizam os mais diversos recursos de comunicação por meio de computadores conectados à Internet, e o número de adeptos cresceu muito.

Existem, no Brasil, mais de um milhão de alunos que optaram pelo ensino a distância para concluir uma faculdade.

Uma das grandes vantagens de uma faculdade EAD é o baixo custo que apresenta se comparada aos cursos presenciais. Alguns apresentam mensalidade até quatro vezes mais baixas, já que não precisam de uma estrutura física elaborada para oferecer aos alunos e professores.

Mais do que isso, os custos ficam ainda mais reduzidos, porque você tem a oportunidade de estudar em casa e em qualquer lugar que tenha acesso à internet. Isto reduz os gastos com alimentação fora de casa, transporte público, gasolina e o valor do estacionamento.

Sim, o valor do certificado é o mesmo!

Não vai importar na sua carreira ou na entrevista de emprego a forma como você estudou, a cadeira que sentou ou a forma como o conhecimento chegou até o seu amigo cérebro.

Você precisa saber.
Para saber precisa aprender.

E para aprender e formar-se em uma instituição de Ensino Superior você não precisa seguir os mesmos métodos que seguem existindo há décadas.

Quem opta por estudo presencial aprende e se forma.

O destaque, seja para quem for, só surge quando a pessoa se destaca e está determinada em fazer a diferença para sua vida.

Seja à distância ou presencial, conhecimento está disponível para você adquirir.

Ganhar força e expandir seu currículo depende, novamente, só de você.

Essa conversa de organização ou da importância de ter um professor, não cola. Afinal, quantas vezes você “se gabou” para um amigo por ter dormido naquela aula tão chata ou de passar horas e mais horas no trânsito voltando da faculdade, ou quem sabe o quanto foi legal acessar a internet durante sua aula.

Foco, determinação e competência não tem formas prontas. Está na sua mente o quanto você vai aprender e não no estilo de aprendizado que escolhe.

Não coloque a culpa no método, o culpado é sempre você.

Ah, só para sua informação: O certificado de nenhuma graduação informa se seu curso foi feito à distância ou presencial. 😉

Mas chega de papo, né?

Como organizar seus estudos na faculdade EAD

Para explicar como eu organizo meus estudos de forma simples e que fique claro a todos, vou dividir em 4 pontos que são os pontos chave para a educação à distância dar certo para o meu aprendizado.

Essas ideias funcionam muito bem para o meu ritmo de estudos, se não funciona para você, conte nos comentários como tem sido sua rotina.

1. Horário + Agenda + Lembretes

De certa forma, a base para que as coisas funcionem é ter horário para cada uma delas.

Quando faço minha rematrícula para cada semestre, já vou direto no Google Agenda anotar quais dias e horários ficou definido o calendário acadêmico.

Nota: A Unisinos, onde faço minha graduação, tem aulas síncronas definidas com horários definidos em calendário para você poder contar com a explicação do professor e tirar suas dúvidas em um ambiente virtual onde você pode escutar o professor, ver o professor e debater com os alunos em sala de aula. A experiência é fantástica!

Anotando isso na agenda, já sei quais dias da semana vou ter que dedicar para cada matéria.

Configuro a agenda para me lembrar pela manhã qual é a matéria do dia, assim caso sobre uns minutos durante o dia de trabalho ou no almoço já tento dar uma contextualizada ou ver se tenho trabalhos pendentes daquela matéria.

De noite, a agenda também me lembra que é hora de largar tudo e dedicar o tempo necessário para estudar aquela matéria e fazer os trabalhos que precisam ser feitos.

Com horários organizados e uma agenda que lembra desses horários, basta executar.

2. Disciplina + Autocobrança

A agenda me lembra de quando preciso fazer cada coisa. Mas não, ela não me pega pela mão e me coloca diante das tarefas que preciso fazer. Tenho cores na agenda separadas com os compromissos da faculdade EAD.

Planejamento só funciona e dá resultado se for executado. Se não, foi tempo perdido, não é mesmo?

Após organizar tudo o que vou fazer, preciso me cobrar muito e deixar o cansaço de lado para que quando for horário de fazer alguma atividade relacionada à faculdade eu sente e realmente faça aquilo.

Apenas faça!

Disciplina sempre será a palavra chave para educação.

3. Todo Material Necessário + Minimalismo + Foco

Ao começar uma cadeira, eu imprimo o livro da disciplina, os materiais propostos e, quando possível, os livros sugeridos.

Tudo o que preciso anotar eu anoto em folhas (dessas folhas pautadas, soltas) e guardo em uma pasta separada por matérias. (Sim, sou chato pra c… com a organização de conteúdo).

E além de ter o que preciso, garanto que tenho realmente somente aquilo que eu preciso. Sem exageros que irão me fazer perder tempo.

Não adianta se encher de conteúdo e ter tudo à mão se você não for capaz de lidar com o material.

Sou minimalista para ter sobre minha mesa apenas o que vou usar: Notebook, papel, caneta e materiais daquela disciplina.

Quando estamos estudando até um papel amassado e solto no canto nos chama atenção.

Com tudo organizado, preciso ter foco para fazer somente aquilo que precisa ser feito e uma coisa de cada vez. Organizo para que eu possa cumprir todas as tarefas daquela disciplina em ordem (você entenderá melhor na rotina de estudos, abaixo).

4. Metas Definidas + Checklist

Lembra do Wunderlist?

Então, ele funciona MUITO bem para a minha rotina de estudos!

Toda vez que começa uma cadeira nova, eu crio no Wunderlist uma lista de tarefas com o nome da disciplina.

Toda atividade que é lançada no Moodle, desde interagir em um chat ou participar de uma aula síncrona vira tarefa (com data e lembrete) no Wunderlist.

Ela fica lá, apitando o lembrete no dia que tenho que fazer ela, até eu realmente cumprir o que precisava ser feito.

Após isso, é só seguir a rotina de estudos e, por fim, ter aquele prazer de marcar como concluída a tarefa.

Minha rotina de estudos:

  1. Organizar e agendar os horários de estudo da faculdade EAD;
  2. Olhar no Moodle se há novas tarefas para fazer;
  3. Colocar a tarefa por fazer no Wunderlist;
  4. No horário de estudo da cadeira, ver na lista o que precisa ser feito;
  5. Fazer a leitura dos capítulos e materiais indicados;
  6. Durante a leitura, marcar com um marca texto as partes que resumem aquele conteúdo para uma leitura rápida posterior;
  7. Anotar um breve resumo do que entendi, apenas para nota mental e estudo;
  8. Participar das atividades síncronas com professor e com a turma;
  9. Marcar todas atividades concluídas no Wunderlist;
  10. Em tempo de prova, ler o que marquei nos materiais e minhas notas das disciplinas;
  11. Na semana da prova, fazer uma cola da disciplina mesmo que não seja necessário.

Conclusão: Faculdade EAD e a Organização

Estudar EAD é bem difícil. Principalmente se você não for organizado e não ter disciplina consigo mesmo.

Você vai ter muitas dificuldades para absorver conteúdo se não tiver uma rotina para isso.

Fazer graduação apenas para fazer não é legal. Então, nem faça.

Fazer só o necessário, sem aprender realmente o que está sendo necessário e preocupar-se apenas em “passar” na cadeira torna você pequeno (desculpa falar).

Não ter foco com seus estudos, diz muito sobre você. E não é nada positivo.

PS: Não venha com o papinho de tempo, não aqui! 🙂

Antes que você finalize esse texto com um pensamento maluco de que isso nunca funcionaria porque você não tem tempo…

Eu acordo todos os dias às 6h para ir trabalhar como Analista de Projetos no PMO da Totvs, em uma rotina bem insana, mas que faço com muito prazer porque gosto do que faço.

Chego em casa às 18h do trabalho e até as 19h faço aula online de inglês.

Das 19h até 22:30 eu estudo para a faculdade.

Das 22:30 até 23:30 eu faço mais inglês, nesse horário são as aulas de conversação online.

Das 23:30 até 00:00 organizo meus artigos para sites que escrevo e vejo o que preciso escrever ou agendar. Também é hora de ver o que tenho de pendências no PMI, onde sou Diretor, Coordenador de Conteúdos e Gerente de Projetos. Hora também de organizar o Portal Sucesso Jovem e cuidar das demais rotinas que podem se resumir a Emails.

Isso NÃO é para mostrar que faço coisas demais ou que tenho muitas coisas para fazer. Isso não é para fazer jabá e exibir que o que faço. Por favor, não pense isso.

É só pra tirar da sua cabeça a ideia de que você não faz as coisas porque não tem tempo.


Quem escreveu

William Meller
William Meller

Fundador do Portal Sucesso Jovem, Analista de Projetos/PMO na Totvs, voluntário no PMI e estudante de Gestão da TI na Unisinos.
Colunista dos sites Profissionais TI, Portal GSTI, Portal Administradores e Site Campus.

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta