O que é cultura organizacional

Cultura Organizacional

Cultura Organizacional – Imagem: Pexels

Cultura organizacional é muito importante para que uma organização se perpetue através do tempo e com diferentes funcionários através do jeito certo de fazer as coisas.


A cultura se refere ao que um grupo de pessoas compartilha e esses fatores se manifestam na linguagem, nas roupas, na rotina e nas ações.

O nosso jeito de ser no trabalho é influenciado por uma força “quase” oculta que chamamos de cultura organizacional.

A cultura organizacional é a cultura em seu sentido antropológico existente em uma organização composta por práticas, símbolos, hábitos, comportamentos, valores éticos e morais, além de princípios, crenças, cerimônias, políticas internas e externas, sistemas, jargão e clima organizacional.

A ideia de cultura nas organizações começou a fazer sentido conforme as empresas se expandiam e a cultura de diferentes países influenciava na forma como as coisas eram feitas e entregues, afetando inclusive na qualidade do que era entregue.

Veja também >> A arte de parar de reclamar: como transformar insatisfação em superação

No artigo do Portal Administração, a definição simplifica a ideia de cultura na organização e pessoas em conjunto, dizendo que a cultura organizacional tem como principal finalidade orientar os membros de uma organização, como se fosse um tipo especial de diretriz ou preceito que irá direcionar o comportamento das pessoas e suas atividades.

Resumindo, é a cultura que busca compreender o lado mais humano das organizações.

A cultura influencia todos os membros dessa organização como diretrizes e premissas para guiar seus comportamentos e mentalidade.

Resumindo:

  • É a maneira como um grupo age e pensa de maneira compartilhada;
  • O jeito de ser das pessoas e da organização em conjunto;
  • O lado mais humano das organizações;

A organização e os níveis da cultura organizacional

O conceito mais difundido e aceito, foi apresentado por Edgar Schein no livro Organizational culture and leadership, onde ele mostra que a cultura organizacional pode ser dividida em três níveis:

  • Artefatos: símbolos, as estruturas e os processos organizacionais visíveis
  • Valores compartilhados: estratégias, metas e filosofias
  • Pressupostos: crenças, as percepções e os sentimentos inconscientes e enraizados

Artefatos são as coisas concretas que cada um consegue ver dentro de uma organização. São os produtos, os serviços e os padrões que nos indicam visual e auditivamente como é a cultura da empresa.

Valores compartilhados são os valores importantes para as pessoas que fazem parte da organização e que se tornam relevantes ao ponto de definir a razão pela qual os colaboradores fazem o que fazem.

Pressupostos são as pressuposições, sentimentos e crenças inconscientes das quais os colaboradores da empresa acreditam.

A importância da cultura organizacional

Ela simplesmente é responsável por desenvolver diretrizes para uma empresa de sucesso. Isso começar pela forma como os funcionários vão enxergar o negócio e agir dentro dele.

As empresas possuem personalidade própria, que é guiada pela cultura que se forma por todas as pessoas. Iniciando desde o momento que esta possui um fundador que coloca seu “jeito de ser” nos serviços da empresa.

Pense no quanto faz diferença ter uma cultura organizacional bem definida na hora de contratar talentos. O processo fica facilitado para o departamento de Recursos Humanos, que consegue selecionar com maior facilidade os profissionais que irão integrar a equipe de trabalho, diminuindo assim a taxa de rotatividade e retendo os melhores talentos.

Veja também >> Procuram-se líderes, mas como os líderes são formados?

A própria definição que Edgar Schein utilizou ajuda a entender sua importância. “Cultura organizacional é um padrão de premissas básicas compartilhadas que foram aprendidas por um grupo, na medida em que resolveram seus problemas de adaptação externa e integração interna.”

Uma empresa com os valores bem definidos e compartilhados aumenta o impacto positivo da liderança em relação ao comportamento dos funcionários. Uma cultura organizacional eficiente transforma o ambiente de uma empresa, trazendo mais objetividade, produtividade e sintonia entre todos os envolvidos.

Sugestão de livros sobre o tema

  • Clima e Cultura Organizacional: Entender, Manter e Mudar – Fernando Lanzer
  • Safari da Estratégia – Henry Mintzberg e Salim Miguel
  • Work Rules: Insights from Inside Google That Will Transform How You Live and Lead – Laszlo Bock
  • The Corporate Culture Survival Guide – Edgar H. Schein
  • The Vibrant Workplace: Overcoming the Obstacles to Building a Culture of Appreciation – Dr. Paul White
  • Managing Transitions: Making the Most of Change – William Bridges
  • Diagnosing and Changing Organizational Culture – Kim S. Cameron
  • Organizational Culture and Leadership – Edgar H. Schein
  • Cultura Organizacional e Gestão Estratégica – Francisco Conejero Perez

Fontes, materiais ou inspiração para este post:

“Cultura organizacional: conceitos e aspectos“, artigo do Portal Administração.
A importância da cultura organizacional para a sua empresa“, artigo da Endeavor.
Como entender a cultura organizacional da sua empresa“, artigo de Jerônimo Mendes no Portal Administradores.
Organizational culture and leadership“, livro de Edgar Schein.
Safári de estratégia“, livro de Henry Mintzberg e Salim Miguel.
Culturas e organizações: compreender a nossa programação mental“, livro de Geert Hofstede.



Quem escreveu

William Meller
William Meller

Fundador do Portal Sucesso Jovem, Analista de Projetos/PMO na Totvs, voluntário no PMI e estudante de Gestão da TI na Unisinos.
Colunista dos sites Profissionais TI, Portal GSTI, Portal Administradores e Site Campus.

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta