Como conviver com pessoas complicadas?

É muito delicado lidar com pessoas complicadas e você precisa colocar energias ainda maiores para que possa conquistar essas diferentes personalidades.

Imagem: Pexels

É muito delicado lidar com pessoas complicadas e você precisa colocar energias ainda maiores para que possa conquistar essas diferentes personalidades.


Vivemos rodeados de pessoas positivas, negativas, tristes, depressivas, alegres, contagiantes, divertidas ou irritadas. Pessoas que vivem no mundo da lua e outras realistas demais. Algumas sempre preparadas para incentivar e apostar em você. Outras achando que nada vai dar certo nunca.

Como lidar com pessoas tão diferentes?

Não é fácil conviver com pessoas que oscilam o humor conforme o horoscopo do dia ou um olhar diferente do outro em sua direção. Pessoas positivas, por exemplo, nos fazem um bem gigantesco, traz ânimo, esperança e um colorido extra para nossa vida. Já a negativa ela nos consome, ela descarrega a nossa bateria em poucos minutos.

Às vezes ela nem fala nada, mas só a sua presença carregada de tensão, nervosismo e cara fechada já nos faz mal.

Não pense você que quem está dentro do buraco quer ficar lá sozinho. O outro quer levar você junto. A pessoa negativa ela quer atrair todos que estão a sua volta para dentro do buraco que se encontram. É preciso ser forte e reagir.

Quantas vezes você sentiu vontade de expulsar alguém da sua vida definitivamente por te causar tanto mal?

Veja também >> Como vencer o medo de falar em público

Em determinadas situações é praticamente impossível fazermos isso quando a pessoa em questão é alguém da nossa família ou o nosso próprio chefe.

Dicas de como conviver com pessoas complicadas:

  1. Proteja-se: Quantas vezes você permitiu que alguém estragasse o seu dia? Todos nós somos metade emoção e metade razão. Alguns mais ou menos do que a maioria. Não tem como afirmar com segurança se existe alguém só emoção ou razão. A questão gira em torno de um detalhe apenas: A negatividade ou a depressão do outro não pertence a você. Cuide das suas emoções e saiba catalisar cada uma delas. Não permita que a escolha infeliz do outro tenha poder sobre a sua felicidade.
  2. Será que eu sou uma pessoa complicada também? É de vital importância criarmos o hábito de refletirmos para encontrarmos as devidas respostas as nossas indagações. E´ fácil dizer que o outro é complicado, difícil de conviver, trabalhar e se relacionar. Mas e você? Será que é fácil conviver com alguém como você? Observe o que você fala com a mesma importância com que você aponta a falha do outro.
  3. Retribua o mal com o bem: Quando você consegue se conscientizar que a vida é passageira demais para gastar sua energia com quem escolheu viver infeliz neste dia você será capaz de lidar com o outro de uma maneira melhor. Há momentos em que pedras são atiradas e por mais que você seja habilidoso em desviar algumas acabam atingindo seu ego, sua autoestima e seu amor próprio. Como continuar dando amor para quem não sabe ser amado? Dê o que você não recebe.
  4. Ande com pessoas positivas: A caminhada se torna mais prazerosa quando seguimos com alguém com pensamentos semelhantes aos nossos. Essa conversa de que opostos se atraem não funciona na prática com a mesma empolgação dos filmes. As pessoas com ideias e filosofia de vida semelhante conseguem alcançar mais resultados satisfatórios. Imagina duas pessoas positivas e cheias de esperança e do lado oposto duas pessoas negativas e depressivas. A primeira é cheia de possibilidade e a segunda cava a sepultura todos os dias. Você escolhe quem fica e quem deve se afastar de você.
  5. Fique neutro: Não permita que a flecha lançada machuque mais do que deveria. Você vai passar por situações em que o outro fará de tudo para mexer com seu controle emocional, tirar você do equilíbrio ou a sua felicidade vai começar a incomodar tanto. Não aceite a provocação alheia. Fique na sua. Finja que não é com você.
  6. Não critique, ajude: Sabe aquele dedo que você insiste em apontar para a ferida do seu próximo? Não aponte mais. Ofereça sua mão. Faça um carinho. Diga que vai passar. Transmita esperança. Não critique, apoie, ofereça ajuda e dê o seu melhor.
  7. Cresça com as pessoas difíceis de lidar: Esteja atento ao que escuta das pessoas. Filtre com cuidado. Existe aprendizado por todos os lados. Evite se transformar exatamente no que o outro é.

Portanto, agradeça por cada pessoa complicada que você teve a oportunidade de conviver. Foi exatamente através das discussões, diferenças e conflitos que foi possível aprender como lidar com as emoções ruins e negativas tornando-se assim uma pessoa mais forte, resistente e corajoso.

A pior decisão é não conseguir perdoar a maneira como foi tratado, as palavras que foram ditas e as ofensas recebidas.

Trabalhe o seu emocional e torne-se imune as pessoas ruins, depressivas, infelizes e complicadas que fazem parte da sua rotina.

Respire fundo e decida descomplicar a vida.

Sobre o autor

Suélen Cursino
Suélen Cursino

Assistente social e técnica em Marketing por formação. Blogueira e youtuber por paixão. Acredito verdadeiramente que através das palavras motivamos o outro e criamos laços fortes na construção de um mundo melhor.
Assista mensagens edificantes no meu canal:https://www.youtube.com/c/suelencursinomensagens

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência BW e Site Barato BH