Aprendendo nos momentos mais difíceis

momentos mais dificeis

Imagem: Unsplash

Manter o alto desempenho quando tudo vai bem, é fácil? Mas você consegue manter sua mente focada no que precisa ser feito e aprender com os momentos mais difíceis?


Quando tudo vai muito bem na nossa vida, dar risada e fazer festa é uma beleza, certo?

É muito fácil fazer as coisas que precisamos fazer, quando não há um ambiente ao nosso redor que faça as coisas simplesmente “acontecerem naturalmente”.

Como sempre, gosto de usar analogia do futebol (saiba porque escrevo assim clicando aqui).

Não é mais fácil para um time preparar-se para uma partida e disputar aquele jogo tão esperado quando a torcida está 100% confiante e a campanha é cheia de vitórias? Ambiente perfeito, não?

Chega ser fácil para a comissão técnica testar novas estratégias e manter as coisas em ordem entre o time.

Agora imaginamos que o ambiente do time mudou da água para o vinho.

Aquela torcida confiante, agora está pedindo mais atitude do time. A campanha já não é mais a mesma, e o clube amargura quatro derrotas consecutivas.

O  jogo importante é amanhã, e a pressão dos últimos faz cada treino ser um desafio incrível.

Como manter o alto desempenho em um momento tão desagradável como o que está por vir?

Para uma empresa, a história se repete. Mudam os personagens.

O time é a organização. Os jogadores são os funcionários. Comissão técnica são os líderes da empresa. E a torcida, são tanto os clientes quanto os investidores e o mercado ao redor.

Veja também >> Frustrações: Criança que não cai um tombo, não aprende a levantar

Os funcionários já não conseguem manter o bom humor e o alto desempenho, porque o ambiente não ajuda a desenvolverem suas habilidades da mesma forma que antes.

Os líderes da empresa tem uma enorme dificuldade de manter a motivação na empresa em alta e fazer com que o desempenho de suas equipes não despenque.

O mercado não dá trégua e bate forte, principalmente em momentos de crise. Os investidores cobram por resultado, e fogem nos momentos mais conturbadores.

E os clientes? Bom, esses não querem saber quais são seus problemas! Querem entregas de qualidade e querem sair satisfeitos com isso.

A relação aqui entre times de futebol e organizações não poderiam ser melhor.

Estou em Stand By

Você adoraria manter o alto desempenho e  a mesma qualidade que tinha em sua rotina profissional, mas as coisas teimam em não acontecer como antes.

Essa é uma das principais características que você percebe quando o ambiente é desfavorável.

Isso até é curioso, porque quando tudo vai bem você fica pensando que essas coisas ruins não podem lhe acontecer. E você será sempre o mesmo, perfeito e sempre com alto desempenho em suas atividades.

Não é assim, agora que as coisas estão ruins? Talvez você esteja ativando seu modo Stand By.

Eletrônicos em modo Stand By estão lá, ligados e com todas as suas funcionalidades da mesma que sempre estiveram. A diferença é que nada está realmente funcionando ou ligado, aguarda alguém apertar o “play” para que possa fazer o foi feito para fazer.

Assim é com você quando as coisas não vão bem, e sua capacidade diminui. Todas as suas qualidades ainda estão lá e seu alto desempenho não deixou de existir, apenas não está tendo o mesmo incentivo de antes para produzir.

Adorei a forma como o Roberto Shinyashiki colocou o alto desempenho e a blindagem para executar suas atividades, no livro A Nova Lógica do Sucesso.

Veja também >> Aprendizados do livro: A Nova Lógica do Sucesso

O livro é sensacional, e caso você não tenha o lido ainda, recomendo que você o faça. Mas esse artigo que citei aí em cima resume bem o que o livro quer passar de aprendizado.

Essa blindagem faz com que você consiga fazer as coisas que precisam ser feitas, deixando de lado tudo de negativo que está ao seu redor.

Quem consegue desenvolver essa blindagem, realmente pode fazer coisas incríveis mesmo que o ambiente não seja favorável para isso.

Mas nem todos conseguem atuar em alta performance sempre. Sonhamos com uma vida fácil, simples e cheia de maravilhas.

É impossível uma vida dessas? Não, claro que não! Torço muito para que a minha vida e a sua possam se tornar assim.

Mas não será assim sempre.

E aprender com as derrotas e com os ambientes desfavoráveis é parte de seu desenvolvimento.

Quando passamos por momentos difíceis, estamos criando uma camada forte para não deixar esses problemas nos pegarem de novo.

Estamos criando “calos” e força capazes de nos empurrarem para frente, fazendo que os problemas sejam só uma parte ruim do caminho para o sucesso.

Vamos imaginar que você pretende escrever um livro, no futuro, sobre como foi sua vida.

Seria legal ler um livro que é só vitória, alegrias e perfeição? Nem tanto, só se fosse um conto de fadas.

Tentar Algo ou Esperar?

Aí é que você se faz a pergunta chave: Devo tomar uma atitude para mudar tudo isso agora ou preciso esperar a mudança.

Bom, falar que você precisa tomar uma atitude transformadora e se tornar um vencedor seria utópico demais.

Não adianta simplesmente tomar atitudes e achar que tudo vai mudar amanhã quando você acordar. Não gosto de dizer que é fácil, porque passo pelas mesmas dificuldades que você e não existe um segredo para fazer o mundo mudar.

Porém, a resposta à pergunta é: Faça algo!

Veja também >> Renascendo da crise

Mesmo que você esteja em grandes dificuldades, precisa pelo menos tentar mudar as coisas.

Se a dificuldade for seu emprego e você achar que a única alternativa é trocar o emprego, beleza… Toca ficha e tenta!

Se o seu empreendimento não está dando certo, tentar algo pra mudar é fundamental para fazer ele respirar. A responsabilidade por erros e acertos, vai cair sobre você. Mas simplesmente deixar as coisas como estão não vai adiantar.

Faça as coisas acontecerem. Ou pelo menos tente.

Se você fizer uma leitura dos problemas, e achar que é necessário ficar, nem que seja um pouquinho, no modo Stand By, tudo bem.

Mas lembre-se de que é mais fácil você sair de um problema tentando, do que ficar parado esperando o que tiver que acontecer.

Eu acredito em mim. Eu acredito em você.

Por favor, acredite em você também!

Sobre o autor

William Meller
William Meller

Fundador do Portal Sucesso Jovem, Analista de Projetos/PMO na Totvs, voluntário no PMI e estudante de Gestão da TI na Unisinos.
Colunista dos sites Profissionais TI, Portal GSTI, Portal Administradores e Site Campus.

Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Sparta